quinta-feira, 22 de agosto de 2013

QUEIROZ GALVÃO, IESA E TECNA VENCEM LICITAÇÃO DO ROTA 3

As empresas Queiroz Galvão, Iesa e Tecna apresentaram o menor preço na concorrência para a construção da Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) do Comperj, conhecida como Rota 3.
O consórcio formado pelas três empresas ficou em primeiro lugar na licitação, com proposta de R$ 1,507 bilhão.

Apesar do grande volume de recursos, a quantia veio abaixo do esperado pelo mercado. Para se ter uma ideia, a proposta que ficou em segundo lugar na concorrência, apresentada pelo consórcio Construcap / Fluor, foi de R$ 2,021 bilhões, ou seja, R$ 514 milhões a mais do que a vencedora.

Na sequência, vêm os consórcios Engevix / Mendes Júnior / CBI (R$ 2,283 bilhões); Techint / Toyo Setal / Andrade Gutierrez (R$ 2,605 bilhões); Odebrecht / UTC / Camargo Corrêa / OAS (R$ 2,994 bilhões); MPE / São Simão / Duro Filgueira (R$ 3,353 bilhões).

Além destes consórcios, a Jaraguá e a Promon também haviam sido convidadas para o certame, mas não apresentaram propostas.

O Rota 3 será responsável pelo processamento do gás natural produzido pelo pré-sal, sendo que terá capacidade para processar mais de 20 milhões de metros cúbicos diariamente quando os três módulos estiverem concluídos, em dezembro de  2016.

 

Fonte: Petronotícias

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA