segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Plataforma de petróleo P-55 deixa o polo naval de Rio Grande, RS.

Operação para saída da estrutura iniciou às 4h deste domingo (6).
Plataforma iniciou viagem em direção à Bacia de Campos, no Rio.

 

Rebocadores conduzem a plataforma para o alto mar (Foto: William Silva/RBS TV)

Depois de mais de um ano de obras no polo naval, a plataforma de petróleo P-55 deixou Rio Grande, no sul do Rio Grande do Sul, neste domingo (6) e começou a viagem rumo à Bacia de Campos, no Rio de Janeiro. 

A operação de saída da estrutura de 52 mil toneladas e 94 metros de altura iniciou por volta das 4h. No início da manhã, a plataforma começou a ser movimentada no Dique Seco por três rebocadores em direção ao alto mar.

A P-55 é a terceira plataforma construída em águas gaúchas e é a maior estrutura semissubmersível brasileira.

Em Rio Grande, já foram construídas as P53 e P-63, que já deixaram o Dique Seco, e a P-58, prevista para sair esse ano.

Para concluir a obra, a empresa Quip lançou programas de incentivo à produção e chegou a ter quase 10 mil funcionários empenhados somente na plataforma, já que o prazo de dois anos e meio não foi cumprido.

A previsão para o início dos operações no Rio de Janeiro é dezembro. A P-55 terá capacidade para produzir 180 mil barris de petróleo e tratar 4 milhões de metros cúbicos de gás por dia.

Recentemente, a presidente Dilma Rousseff já assinou o contrato para a construção de mais duas plataformas no polo naval de Rio Grande: a P-75 e a P-77. As duas terão capacidade de produzir até 150 mil barris de petróleo e sete milhões metros cúbicos de gás natural por dia.

 

Fonte: G1. Globo.com

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA