sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Rolls-Royce fecha contrato com EAS


A Rolls-Royce firmou um contrato com o Estaleiro Atlântico Sul (EAS) para fornecer sistemas de energia e propulsão para sete plataformas de perfuração para a Petrobras. O valor do pedido é de mais de R$ 335 milhões.

Cada uma das sete embarcações a serem construídas pelo estaleiro para atender a demanda da Petrobras trará seis grandes propulsores e seis motores a diesel Bergen, todos da britânica Rolls-Royce, perfazendo um total de 84 equipamentos, 42 propulsores e outros 42 motores. Os equipamentos serão usados em conjunto para dar propulsão até campos de perfuração e também para garantir o posicionamento exato dos navios durante as operações.

Francisco Itzaina, presidente da Rolls-Royce para América do Sul, comemorou a parceria. “É um prazer anunciar um pedido dessa grandeza no Brasil para um novo cliente do grupo, o Estaleiro Atlântico Sul. O contrato referenda nossa grande reputação de inovação e tecnologia e nossa liderança no mercado de sistemas de energia e propulsão para o setor offshore”, analisou o executivo.

As novas sondas da Petrobras darão suporte na perfuração de poços ao longo da camada pré-sal, localizada entre dois mil e três mil metros abaixo da superfície do Oceano Atlântico.

O Grupo é líder na entrega de sistemas integrados de propulsão e energia para plataformas que operam explorações offshore. Entre elas, estão embarcações de perfuração, sondas móveis, navios de construção submarina e navios tanque.

O CEO da Atlântico Sul, Otoniel Silva Reis, comentou o contrato. “Estamos felizes em trabalhar com a Rolls-Royce nesse projeto. A vasta experiência do Grupo em garantir energia e soluções em propulsão inovadoras e confiáveis, particularmente no setor de perfurações móveis, é um grande reforço para construirmos essas plataformas de perfuração altamente avançadas para a Petrobras”, disse.

Para dar suporte às atividades de produção através do mundo, a Rolls-Royce entregou sistemas de propulsão para mais de 140 unidades móveis de perfuração e tem sistemas já pedidos para mais 30 unidades.

Além disso, 45 navios de abastecimento offshore UT da Rolls-Royce foram construídos no Brasil para dar suporte a exploração e produção de óleo e gás. Outras 12 embarcações foram construídas, inclusive quatro navios de suporte a plataformas UT 775 SE pelo Grupo Bravante em Outubro.

A Rolls-Royce tem um longo e bem sucedido relacionamento com o Brasil há mais de 50 anos, com unidades em São Bernardo do Campo, Rio de Janeiro, Niterói e Macaé.

A companhia britânica continua seus investimentos no país e irá inaugurar em 2012 uma nova instalação em Santa Cruz, no Rio de Janeiro. Essa unidade será responsável pela montagem e teste das turbinas industriais a gás RB211. O primeiro lote de equipamentos que será produzido em Santa Cruz foi pedido pela Petrobras em um contrato de R$ 1,3 bilhão assinado em 2011.

Fonte: Redação (TN Petróleo)

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA