sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Seminário no Rio discutirá projetos em andamento na área de petróleo e gás

Evento que será realizado no próximo dia 24 abordará também inovação e tecnologia

O grupo Ejesa promove, na semana que vem, por meio dos jornais BRASIL ECONÔMICO e O Dia, mais uma rodada do seminário Brasil em Perspectiva — Qualificar e Competir Petróleo e Gás. O evento será realizado na próxima quinta-feira, 24 de janeiro, no Hotel JWMarriott, em Copacabana, no Rio de Janeiro.

O encontro será o segundo do novo ciclo de palestras dos jornais e seu tema será “Redes Temáticas: Boas Ideias Transformadas em Projetos”. Participam do evento representantes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Petrobras, Cenpes (Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguez de Melo) e Finep (Financiadora de Estudos e Projetos, empresa pública vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia).

Já estão confirmados Rodrigo Smolka, coordenador da Gerência de Relacionamento com a Comunidade de Ciência e Tecnologia do Cenpes; e Rogério Filgueiras, coordenador-adjunto da Agência UFRJ de Inovação.

O primeiro será um dos palestrantes do painel inicial, que vai discutir os projetos em andamento, processo, empresas envolvidas e vai também explicar o tema “Redes Temáticas”. Já Filgueiras participará do segundo painel, que vai tratar de Inovação e Tecnologia.

Primeiro seminário do ciclo

O seminário anterior, realizado em Porto Alegre e que teve como tema o “Fomento ao Crédito - O programa Progredir”, discutiu os rumos do novo momento da indústria naval brasileira. Além disso, a Petrobras ressaltou as principais vantagens do programa Progredir, que fomenta o surgimento de novos fornecedores para a execução das encomendas da companhia. Segundo as regras do programa, fornecedores de até quarto grau podem habilitar-se para obter crédito lastreado nos equipamentos ou serviços a serem prestados à companhia.

Foi mostrado no evento que as encomendas de navios e plataformas feitas pela Petrobras já provocaram um investimento de cerca de R$ 14 bilhões somente no polo naval de Rio Grande, no extremo sul do Rio Grande do Sul.

O seminário ainda resumiu o momento positivo que vive o setor de Petróleo e Gás e uma opinião foi unânime: é fácil discutir o setor, pois ele desconhece a palavra “crise”.

Petróleo e Gás

O setor de Petróleo e Gás já foi tema de três outros seminários promovidos pelo grupo Ejesa desde 2011.

Neles, foram abordadas questões como falta de mão de obra qualificada, capacitação da cadeia de fornecedores da indústria petrolífera, o reforço da competitividade das empresas nacionais do setor de óleo e gás, os investimentos das grandes companhias em parcerias com empresas estrangeiras e universidades brasileiras para a qualificação de pessoas, além dos benefícios de ser fornecedor da Petrobras, pois quem vende para a estatal tem também a oportunidade de se tornar um exportador de seus produtos.

 

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA