domingo, 19 de dezembro de 2010

Ibama libera licença de operação para P-57 da Petrobras

BRASÍLIA - O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) concedeu a Licença de Operação para o navio-plataforma P-57, informa a Petrobras. Com a liberação da licença, a Petrobras poderá efetivamente dar largada à produção nessa unidade. A P-57 vai operar no campo de Jubarte, na porção capixaba da Bacia de Campos, a 80 quilômetros da costa do Espírito Santo. A capacidade de produção é de até 180 mil barris de petróleo e de 2 milhões de metros cúbicos de gás por dia.
O navio-plataforma P-57 integra uma nova geração de plataformas, dentro do princípio de simplificação de projetos e padronização de equipamentos. Essa nova unidade de produção deverá atingir o pico de produção até o início de 2012. O petróleo produzido será transferido por navios aliviadores para terra e o gás será escoado por um gasoduto submarino até a Unidade de Tratamento de Gás Sul Capixaba, localizada na região de Ubu, no município de Anchieta, a cerca de 100 quilômetros de Vitória.
A unidade P-57 serve, na Petrobras, como referência para futuras plataformas, como a P-58 e P-62, e para as unidades que irão operar no pré-sal da Bacia de Santos. Trata-se de uma plataforma do tipo FPSO (Floating, Production, Storage and Offloading, termo, em inglês, que significa ''unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência de petróleo'') e integra a segunda fase de desenvolvimento do campo de Jubarte. Os FPSOs são navios com capacidade para processar e armazenar o petróleo e fazer a transferência do petróleo e do gás natural.
A Petrobras informa também que requereu ao Ibama a Licença de Instalação e a Licença de Operação para o Piloto de Produção dos campos de Baleia Azul e Pirambu, utilizando a unidade de produção FPSO Cidade de Anchieta. O Ibama analisará a documentação e então emitirá a Licença de Instalação, autorizando a Petrobras a ancorar a plataforma na locação.
Segundo explica a Petrobras, depois da execução das condições previstas na Licença de Instalação e de uma vistoria do órgão ambiental, será emitida a Licença de Operação, autorizando o início da operação do FPSO Cidade de Anchieta. De acordo com o Plano de Negócios 2010-2014 da Petrobras, o início da operação da plataforma FPSO Cidade de Anchieta está previsto para o ano de 2012.
Fonte: Jornal estadão.

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA