segunda-feira, 12 de março de 2012

Ritmo de construção da Refinaria Abreu e Lima volta a ser considerado adequado


O ritmo de construção da Refinaria Abreu e Lima, em Suape, voltou a ganhar o status de verde, isto é, adequado, no balanço de um ano da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), apresentado pelo governo federal na última quarta-feira. Segundo o documento, foram executados 50% do empreendimento e entregues 14 tanques da estação de tratamento de água em dezembro de 2011.

O balanço confirma o investimento previsto no projeto, R$ 26,5 milhões, e informa os desembolsos. De 2007-2010 foram desembolsados R$ 4,5 bilhões, montante que sobe para R$ 21,1 bilhões entre 2011 e 2014. Após esse período, a Petrobras prevê gastar, ainda, mais R$ 941 milhões. Quando pronta, a refinaria terá capacidade para processar 230 mil barris de petróleo/dia.

O documento também confirma a data de início da operação da refinaria para 30 de junho de 2013, embora a planta só seja concluída em 30 de junho de 2016. A refinaria de Pernambuco é a mais avançada, uma vez que a Premium I (MA) ainda está em fase de terraplenagem (38%) e a Premium II agora é que recebeu a licença prévia.
Já o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), iniciado mais ou menos na mesma época que a Abreu e Lima, está com 25% das obras realizadas.

Em novembro, no balanço anterior do PAC 2, a Refinaria Abreu e Lima preocupava o governo. O ritmo de andamento da obra passou do verde “adequado” para o amarelo “atenção”. Agora, o empreendimento recupera sua condição de “adequado”.
Refinaria volta a ganhar status verde no PAC. Imagem: Teresa Maia/DP/D.A.Press

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA