quarta-feira, 13 de março de 2013

Quatro mil trabalhadores do Polo Naval param por reajuste salarial

Aproximadamente, quatro mil trabalhadores participaram nesta segunda-feira, 11, de uma assembleia do Sindicato dos Metalúrgicos realizada em frente ao estaleiro ERG1, invadindo a BR-392 em frente ao Dique Seco. A assembleia ao ar livre durou toda a manhã e fez com que Rio Grande praticamente parasse.A pauta de reivindicação é de 10% de aumento de salário, vale refeição no valor de R$ 400 (hoje o valor é R$ 160), horas extras nos sábados em 100% (hoje as primeiras quatro horas são pagas sobre 50%) e horas extras aos domingos em 150%. Conforme o vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Sadi Machado, a categoria engloba cerca de sete mil trabalhadores. "Estamos reivindicando valores econômicos. Há, sim, outras cláusulas, de condições de trabalho, que serão discutidas no futuro".Depois de sair da ERG 1, os trabalhadores foram a pé do Dique Seco até a Quip, na Honório Bicalho ou quilômetro zero da BR-392. Já em menor número, cerca de 300 entre homens e mulheres, fizeram uma parada em frente à empresa, chamando os trabalhadores para que se unissem a eles. "Paramos a P55. Agora vamos parar a P58 e a P63", gritavam os manifestantes. Foram pouquíssimos os que saíram da empresa para se unir à manifestação.O trânsito na BR-392 ficou extremamente lento durante o movimento e o engarrafamento foi da Honório Bicalho até o trevo de entrada principal da cidade, no viaduto. Filas enormes de ônibus, lotados de trabalhadores, caminhões e veículos leves, abarrotaram a faixa. Quem foi ao trabalho utilizando a estrada da Barra como via de escoamento não teve outra opção a não ser o atraso em mais de três horas. Motoristas reclamavam que estavam há mais de duas horas e meia esperando poder sair do lugar.Nesta terça, 12, a partir das 7h, o sindicato estará em frente à Quip, na Honório Bicalho, com a promessa de parar a empresa durante toda a manhã, tendo para isso convocado os trabalhadores para que comparecessem em massa. Enquanto isso, os trabalhadores apoiavam a direção do sindicato que entrou para negociar com a classe patronal.
Fonte: Jornal agora

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA