terça-feira, 2 de novembro de 2010

A reclamação de Kalil sobre a escala de Roman procede. Desde 2008

xxxxxx


A realidade do Atlético-MG, porém, ainda é complicada. O clube busca reforços para a sequência do Campeonato Brasileiro. Foto: Bruno Cantini/Gazeta Press
Presidente do Atlético-MG (dir.) disse que juiz é "péssimo e mal intencionado"
Foto: Bruno Cantini/Gazeta Press




O presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, voltou a criticar duramente a arbitragem brasileira, e disse que Evandro Rogério Roman, que apitou o último confronto da equipe mineira, a derrota por 2 a 0 para o Botafogo, é mal intencionado. O mandatário diz ter visto o árbitro "cumprimentar calorosamente" o presidente do time carioca, Maurício Assumpção, após a partida.
"Eu disse a ele (Roman) educadamente, que ele era mal intencionado, quando o vi em cumprimento caloroso com o presidente do Botafogo. Ele é malandro velho, não erra pênalti, impedimento", afirmou Kalil à ESPN, alegando que o árbitro altera o andamento da partida em lances mais simples, como a inversão de faltas. "Como se ele (Roman) não fosse o péssimo dos péssimos. Está cheio de garoto apitando bem. Já era pra 'esses caras' estarem aposentados. São sempre os mesmos que erram", completou.
Questionado sobre a preparação dos árbitros, o presidente do clube mineiro disse que o principal problema está na índole dos profissionais. "A preparação é coisa à toa. O que me preocupa é o que não está ao alcance".


Alexandre Kalil reclamou no Bate Bola Primeira Edição da escala de Evandro Rogério Roman em Botafogo x Atlético Mineiro. Disse que nos últimos dois anos, houve nove partidas entre os dois clubes com Roman no apito em quatro. Estava impreciso. Nas últimas duas temporadas, 2009 e 2010, houve quatro jogos com Roman na escala em apenas um.
Mas Kalil tem razão se afirmar que de 2008 a 2010, nas últimos nove Botafogo x Atlético, Roman apitou quatro. De fato, de 2008 a 2010, houve dez clássicos e, dos últimos nove, Roman foi escalado quatro vezes.
Curioso, no entanto, é que nesses nove encontros, o Botafogo venceu sete, empatou um e só perdeu um. Roman estava no apito na única vitória atleticana.
Os outros árbitros desses nove encontros são Leonardo Gaciba (duas vezes), Héber Roberto Lopes, Sálvio Spínola, Francisco Carlos do Nascimento, uma vez cada um.
Cabe mesmo à CBF explicar por que tantas vezes Roman esteve no apito nesse jogo específico. 
Voltando a 2007, são14 partidas entre Botafogo e Atlético, com dez vitórias do Bota, três empates e uma única vitória do Galo (apitada por Roman). Desses 14 jogos, Roman esteve no apito seis vezes.

OS ÚLTIMOS NOVE JOGOS
30/10/2010 - Atlético Mineiro 0 x 2 Botafogo - Evandro Rogério Roman (PR)
7/8/2010 - Botafogo 3 x 0 Atlético Mineiro - Leonardo Gaciba (RS)
8/10/2009 - Botafogo 3 x 1 Atlético Mineiro - Francisco Carlos Nascimento (AL)
5/7/2009 - Atlético Mineiro 1 x 1 Botafogo - Sálvio Spínola (SP)
2/11/2008 - Atlético Mineiro 2 x 1 Botafogo - Evandro Rogério Roman (PR)
27/8/2008 - Atlético Mineiro 2 x 5 Botafogo - Evandro Rogério Roman (PR)
14/8/2008 - Botafogo 3 x 1 Atlético Mineiro - Héber Roberto Lopes (RS)
23/7/2008 - Botafogo 4 x 0 Atlético Mineiro - Leonardo Gaciba (RS)
14/5/2008 - Botafogo 2 x 0 Atlético Mineiro - Evandro Rogério Roman (PR)

OS OUTROS JOGOS DESDE 2007
8/5/2008 - Atlético Mineiro 0 x 0 Botafogo - Leonardo Gaciba (RS)
26/8/2007 - Atlético Mineiro 1 x 2 Botafogo - Wilson Luís Seneme (SP)
20/5/2007 - Botafogo 2 x 1 Atlético Mineiro - Evandro Rogério Roman (PR)
10/5/2007 - Botafogo 2 x 1 Atlético Mineiro - Carlos Eugênio Simon (RS)
2/5/2007 - Atlético Mineiro 0 x 0 Botafogo - Evandro Rogério Roman (PR)



Fonte: Paulo Vinícius Coelho/pauloviniciuscoelho

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA