terça-feira, 12 de julho de 2011

Vicel anuncia construção de duas novas bases

Após ter completado 15 anos em fevereiro de 2010, a Vicel, empresa brasileira de serviços técnicos, representante de fabricantes mundiais de equipamentos para tratamentos de águas e efluentes para plataformas e navios, anunciou na Brasil Offshore, a construção de duas bases da empresa em Rio Grande e Suape para atender as demandas de conteúdo local da Petrobras e suas subsidiárias.


A empresa levou para a feira a primeira unidade de osmose reversa Aqua-Chem totalmente montada no Brasil. "Para atender aos requisitos da Petrobras de conteúdo local, a
Vicel se estruturou e  se qualificou para fazer a montagem dos sistemas que representa começando por esta unidade dessalinizadora. Nos alinhamos com nossos parceiros e estendemos o escopo da certificação ISO 9000 para montagem, antes era só manutenção e hoje trazemos pela primeira vez uma unidade totalmente montada no Brasil", explica Helio Brasileiro, coordenador de marketing da Vicel.

 

Segundo o executivo, a empresa atingiu 54% de conteúdo local no projeto desta unidade e a tendência agora é que esse índice suba nas próximas na medida em que a Vicel for qualificando os fornecedores locais de componentes.


Brasileiro informou que nesse cenário de montagem de equipamentos no Brasil, a
Vicel é uma das primeiras empresas a se habilitar a fazer este tipo de operação. De acordo com ele, o objetivo da empresa agora é estender isso não só para um fabricante, mas todos os fabricantes representados pela empresa.


"Hoje temos uma base em Macaé, mas a intenção é construir uma base em Rio Grande para atender os 8 cascos e FPSOs que serão construídos pela Engevix para a Petrobras, e outra em Suape, perto da área do estaleiro Atlântico Sul para atender as encomendas de navios da Transpetro", diz. O executivo afirma ainda que a empresa já esta em negociação avançada dessas estruturas e conta que a idéia é fazer uma linha de montagem Just in time, onde a empresa consiga adaptar o ciclo fisico-financeiro do projeto às entregas das unidades.


"Atualmente os projetos estão em fase de detalhamento dos equipamentos que fornecemos o modelo de operação já foi viabilizado e testado e em seis meses as unidades estarão operacionais", conclui. As unidades estarão em uma área de 500m² e contarão com cerca de 20 funcionários trabalhando.

 

Fonte: Redação - Por Maria Fernanda Romero

 

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA