quarta-feira, 27 de julho de 2011

Contemplação e Adoração a Deus


Ainda que esteja a sós diante de Deus, acredite você não está sozinho!


A contemplação, os conceitos variam desde aqueles que só admitem a contemplação em profundo silêncio, até os que defendem que pode haver contemplação com música, olhando o assunto através da palavra de Deus, encontramos exemplos de ambos os argumentos, Deus foi adorado em meio a sons de trombetas, de trovões, com a terra tremendo e também em meio a um total silêncio. E em todas as circunstâncias houve contemplação. O Espírito Santo pode nos oferecer olhos espirituais para vermos o Senhor em meio ao som de música, e música alta, ou no silêncio do nosso quarto, quando se ouve apenas a respiração e as batidas do coração.

“Toda contemplação tem que partir de um silêncio interior.”

Será que podemos diferenciar adoração de contemplação? Vejamos...
Não podemos separar a adoração da contemplação, a não ser para podermos conhecê-las.

“É pela adoração que contemplamos o Senhor e é contemplando que o adoramos.”

A adoração pode ser tanto silenciosa quanto em meio a música: O mesmo se pode dizer da contemplação. No culto ou em nosso dia-a-dia, adorarmos/contemplarmos a Deus é o momento que podemos nos achegar ao Pai, é quando podemos tocar o próprio Deus.
Mas existe uma diferença entre adorar e contemplar; A adoração é sempre vertical, isto é, do homem para Deus, enquanto a contemplação nos direciona também a uma contemplação interna, a uma reflexão interior e à meditação. Na contemplação podemos nos ver interiormente, pois a glória de Deus ilumina o nosso ser, o nosso interior, e é dessa maneira que nos descobrimos diante dEle. A contemplação expõe o nosso “Eu”, pois nos vemos contrastados com a santidade de Deus, assim como aconteceu com Isaías. Ao contemplar ao Senhor em sua majestade e glória, viu seu pecado e em contraste com a glória de Deus disse: “Aí de mim, estou perdido”. É como um grito do contemplador, quando em adoração , a glória de Deus é refletida em seu interior.
“Adorai o Senhor na beleza da santidade. Ouve-se a voz do Senhor sobre as águas; troveja o Deus da glória; o Senhor está sobre as muitas águas. A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é cheia de majestade.
A voz do Senhor quebra os cedros; sim, o Senhor despedaça os cedros do Líbano. Ele os faz saltar como um bezerro; o Líbano e o Síriom, como os bois selvagens. A voz do Senhor despede chamas de fogo. A voz do Senhor faz tremer o deserto de Cades. A voz do Senhor faz dar cria as corças e desnuda os bosques; e no seu templo tudo diz: Glória! O Senhor preside os dilúvios; como rei, o Senhor presidirá para sempre. O Senhor dá força ao seu povo, o Senhor bençoa com Paz o seu povo.” ( SL 29; 2-11 )

Vemos em Jesus um homem de profunda contemplação.
“Tendo-se levantado alta madrugada, saiu, foi para um lugar deserto e ali orava.” ( Mc 1;35 )
Jesus buscava momentos em que podia ficar a sós com o Pai, e Ele conhecia o segredo dessa intimidade solitária, em meditação, orava. Outros textos mostram essa necessidade que Jesus sentia.
“Ele Porem, se retirava para lugares solitários e orava”. ( Lc 5;16 )

“Naqueles dias, retirou-se para o monte, a fim de orar, e passou a noite orando a Deus”. ( Lc 6;12 )

“E despedidas as multidões, subiu ao monte, a fim de orar sozinho. Em caindo a tarde, estava ele, só”. ( Mt 14;23 )

Jesus ensina o segredo da comunhão com Deus: Ficar a sós para orar! Alí recebia a força para trabalhar e exercer seu ministério!

Deixo vocês com essa música, talvez não esteja exatamente no contexto do post, mas medite na letra dela, realmente nos faz pensar!


A Paz de Cristo - Fonte: Saidomuro.com

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA