sábado, 29 de janeiro de 2011

Investimento de olho nos projetos estruturadores

A Metalúrgica Metalgil está investindo R$ 2 milhões na aquisição de novo maquinário para atender melhor a demanda do Estaleiro Atlântico Sul (EAS) e outros empreendimentos estruturadores que estão sendo implantados em Suape. Está sendo aguardada a chegada de uma máquina de jateamento contínuo do Rio Grande do Sul e outra de furação CNC (controle numérico computadorizado), esta fabricada nos Estados Unidos.

´Essas máquinas vão conferir mais qualidade ao nosso trabalho, a um custo menor e melhor produtividade`, diz o diretor comercial Gil Martins. A máquina de jateamento, por exemplo, vai ampliar a produção de 3 mil metros de chapas de aço/mês para quase 3 mil metros/dia. Já a de furação CNC vai evitar a operação manual das chapas de até 10 centímetros de espessura, tornando a atividade mais precisa e segura.

A Metalgil está no mercado desde 1963. Inicialmente focada no fornecimento de equipamentos para a indústria sucroalcooleira, passou a atender outros segmentos desde que as usinas entraram em crise, nos anos 1980. Hoje, o forte da empresa é a caldeiraria e as estruturas metálicas. Gil Martins conta que a chegada dos grandes empreendimentos ao Complexo Industrial Portuário de Suape, a partir de 2008, deu um novo fôlego aos negócios. 

´Foi quando retomamos a produção a todo vapor, com a chegada do estaleiro, da refinaria e da petroquímica. De lá para cá, já investimos R$ 4,5 milhões em equipamentos (valor inclui as duas máquinas que estão sendo aguardadas), melhoras de processos e capacitação de mão de obra`, afirma o executivo. O número de funcionários saltou de 42, em 2006, para os 218 atuais. O faturamento cresce a taxas de 15% a 20% ao ano. 

Somente ao estaleiro já foram fornecidas mais de três mil toneladas de aço. Quando a reportagem visitou a metalúrgica, estava sendo soldada a enorme estrutura que vai abrigar o elevador do casco da plataforma P-55, encomendado pela Petrobras ao EAS. Na próxima terça-feira, 1º de fevereiro, está agendada uma visita do presidente do Atlântico Sul, Angelo Bellelis, às instalações fabris da Metalgil no Cabo de Santo Agostinho.

´É um dos nossos principais clientes. Estamos investindo para poder oferecer produtos com mais qualidade e presteza para o EAS e para outras empresas instaladas ou que venham a se instalar em Pernambuco`, explica o diretor comercial da Metalgil.

E a perspectiva é de mais crescimento. Segundo Gil Martins, a qualificação para o Certificado de Registro de Classificação Cadastral (CRCC) da Petrobras está em andamento e quando for concluída poderão ser abertas novas portas em outros estados. ´Temos à frente a construção das refinarias Premium do Maranhão e do Ceará. A Metalgil tem interesse em se tornar fornecedora`. 



Número de funcionários da Metalgil saltou de 42, em 2006, para 218. Faturamento cresce até 20% ao ano. Foto: Helder Tavares/DP/D.A Press.

Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.br

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA