segunda-feira, 29 de março de 2010

Dias estressantes no trabalho: Assuma o controle de seu tempo.

Muitos de nós temos dias tão atribulados e caóticos que sequer encontramos tempo para considerar o que há de importante em nossos objetivos e organizar melhor nosso cotidiano. Não controlamos nosso próprio tempo, não dominamos nossos dias. E, quando nos damos conta, sentimos medo, raiva e irritação diante das situações mais rotineiras. Afinal, quem não fica irritado preso em um congestionamento no trânsito ou parado em uma interminável fila de banco?
Mas essa irritação vai ficando preocupante à medida que se fica muito tempo remoendo a raiva ou a decepção, alimentando essa tensão e assim é que se faz o caminho para o estado de estresse. Ninguém é perfeitamente produtivo em todos os aspectos da vida (trabalho, emocional, pessoal) se se mantém em profundo estado de tensão.
E atualmente um dos maiores focos de estresse encontra-se no ambiente profissional. Programar suas ações para garantir o controle de seu dia é a saída para aliviar a exaustão de não ter o domínio de seu próprio tempo. Alguns conselhos que podem servir de lição:
Tire um tempo para resgatar o que é importante no seu dia.
Gaste uma hora de seu dia – desperte um pouco mais cedo ou após seu dia de trabalho – para saber o que é realmente importante naquele dia. Esse treinamento deixa-o crítico e atento às situações que são mais caóticas e de difícil controle, e fazendo isso todos os dias, você poderá se comprometer a modificá-las.
Faça uma lista:
Liste o que mais lhe convier para ajudar em sua organização diária: tarefas importantes daquela manhã, telefonemas ou mensagens a serem respondidas, por exemplo. Conhecer todo o contexto com que você vai trabalhar ao longo do dia melhora a visibilidade para resolver imprevistos, auxilia você a prever sua produtividade, além de permitir que você lide confortavelmente com o bom controle de seu tempo.
Planeje seu dia:
Não apenas o dia a dia, mas todos os dias. Trabalhe, inicialmente, com pequenos períodos de planejamento: dias, semanas, mês e assim por diante. Tenha seus horários bem regrados, organize, a partir de seus horários, suas tarefas diárias em blocos: e-mails, telefonemas, reuniões, tempo para planejamento, tempo para escrever, etc. Tente deixar, pelo menos, 15 a 30 minutos do início de cada dia para planejar detalhes desse seu dia nesses blocos. Esse pequeno tempo de planejamento é um modo simples de ganhar mais confiança em controlar seu próprio tempo.
Pare de realizar muitas tarefas de uma só vez:
Realizar tudo ao mesmo tempo é, provavelmente, a ação que o deixa mais desorganizado e sobrecarregado. Será bem mais produtivo se o foco recair sobre uma realização de cada vez.
Controle sua comunicabilidade:
Seja assertivo em buscar o controle de seu tempo. Deixe todos cientes de quanto podem demandar de sua atenção e de seu tempo. Para isso, esclareça quando podem lhe telefonar, com que frequência devem esperar suas respostas de e-mails, cartas, memorandos, etc. E combine com você mesmo de checar recados somente a cada duas horas, para que isso não atrapalhe seu planejamento do dia ou sua regularidade dos horários. Você simplesmente não precisa responder instantaneamente toda mensagem recebida! E se tiver que trabalhar com isso, use fones de ouvido. Deixe claro também os períodos em que você não pode ser interrompido ou incomodado. No início, muitos não ficarão tão felizes com isso, mas depois de um tempo começarão a respeitar o seu tempo!

Reveja o seu dia:
Tire um pequeno espaço do final de seu dia para rever o que fez, cheque se sua lista foi cumprida, atualize novos itens se necessário, deixe tudo organizado em sua mesa, planeje o dia seguinte.

Estabeleça rotinas:

Estabelecer rotinas regulares é o modo mais efetivo de sentir-se controlando sua vida, em equilíbrio. Faça delas um hábito e seus dias serão muito menos estressantes. Se dê conta, ao longo desse treinamento e da incorporação desses hábitos, de nascer um sentimento de satisfação por não ter pendências. E o mais importante: o sucesso de controlar seu tempo.


Fonte: Dra. Glaucia Duarte (Idmed.com.br)

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA