segunda-feira, 4 de abril de 2011

Sem tempo para comemorar (Camisa Doze)

Sem tempo para comemorar

Vinte de fevereiro de 2011. Essa foi a última vez em que vi o Atlético apresentar algo parecido com futebol, e somente nos 45 minutos do primeiro tempo, quando o time venceu o Guarani de Divinópolis. Não considero a goleada sobre o Iape uma boa apresentação, pois o infantil do Galo também golearia o time quase amador do Maranhão.

Já se passaram 42 dias desde o jogo em Divinópolis e, ignorando esse jogo de Sete Lagoas contra o quase amador Iape, marcamos 13 gols e sofremos 11, sem conseguir vencer times em crise como o Ipatinga e o Grêmio Prudente.

Hoje enfrentamos o Democrata de Governador Valadares, mais um time em crise, quase rebaixado para a segunda divisão do Mineiro, e voltamos a jogar com certa facilidade. Tabelas, cruzamentos (certos), lançamentos, chutes de fora da área e laterais apoiando. Não lembrou em nada o Galo dos últimos jogos. O lateral Guilherme fez uma boa partida e mostrou que faltava concorrentes para Leandro, inclusive não me assustaria com a saída de Leandro nos próximos dias.

Jackson também fez boa partida e não comprometeu o meio com a 10, além de Magno Alves, que comandou o ataque do Galo, apesar de não ter um companheiro na área. Neto Berola, que poderia ter nova chance, tomou o 3º cartão amarelo e está suspenso. Caso Wesley ainda não tenha condições de jogo, Jheimy ou Wescley serão opções para o banco de reservas e podem aumentar também a lista de jogadores a entrarem em campo em 2011. Trinta jogadores já estiveram em campo esse ano pelo Galo, sendo que desses, vinte e três tiveram a chance como titulares.

Réver, Leonardo Silva, Richarlyson e Renan Oliveira estão pendurados na penúltima rodada do Mineiro. Poupá-los ou forçar um terceiro cartão pode não ser uma boa ideia, pois o último adversário é o América de Teófilo Otoni, concorrente direto na tabela.

Começamos a semana com a pergunta: As dispensas de Ricardinho e Zé Luís influenciaram na boa atuação do time? Para responder essa pergunta, eu deixo outra: O Democrata serve como referência?

A missão agora é buscar a classificação na quarta-feira, pela Copa do Brasil. Difícil prever escalação, clima entre os jogadores ou nas arquibancadas, pois o Atlético é o time onde o mundo dá voltas em apenas um dia.

 

ABRAÇO NAÇÃO!

Fael Lima

www.twitter.com/cam1sado2e

 

 

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA