segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Mendes Junior SA negocia com Maricá instalação de uma unidade do grupo no município carioca.


Um dos principais projetos da Prefeitura de Maricá para alavancar a economia local e atrair indústrias de grande porte para o município é a implantação de um Pólo de Indústria Naval no distrito de Jaconé. Desde o início do ano, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Comércio, Indústria e Petróleo já recebeu representantes de grandes corporações como a coreana STX, a holandesa  Huisman e Setal, interessados em investir na região.
Nesta sexta-feira (16), o secretário Aleksander Santos recebe para mais uma rodada de negociação o diretor da área de Negócios Industriais da Mendes Junior Trading e Engenharia SA, Ruben Maciel.  Eles vão sobrevoar a área destinada à implantação do Pólo Industrial para reconhecimento de possíveis locais de instalação de uma unidade para a construção no município de navios e plataformas de petróleo. O sobrevoo servirá também para identificar a logística necessária para o sucesso do empreendimento.
Também vão participar da vistoria o presidente do Sindicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore, SINAVAL, Ariovaldo Rocha, e o deputado federal Edmilson Valentim, que trabalha pela recuperação do setor no país.
- Estamos muito otimistas de que o Pólo de Indústria Naval vai promover uma grande transformação na economia de Maricá. Hoje, o país não tem instalações suficientes para dar conta das encomendas da Petrobras, da Vale e da Marinha Mercante, que acabam recorrendo a outros países para comprar navios, sondas e plataformas. Investimentos que deveriam ficar no Brasil, impulsionando a nossa economia e gerando empregos aqui. A Mendes Junior vem demonstrando interesse em se instalar em Maricá, e vamos fazer tudo o que for possível para atrair esse grande grupo  – explica o secretário de Desenvolvimento, Aleksander Santos.
Maricá tem 46 quilômetros de litoral, com profundidade entre 20 e 30 metros próximo à costa. Para superar as adversidades do mar aberto, a prefeitura pretende construir enroncamentos de pedra, criando bacias artificiais com águas abrigadas para a atividade dos estaleiros. O secretário Aleksander Santos destaca ainda a proximidade de Maricá com o mercado de petróleo e gás ao Norte do estado e com o Complexo Petroquímico que a Petrobrás está construindo no município vizinho de Itaboraí.
Para alavancar o projeto e atrair empresas, o Aleksander Santos explica que a prefeitura estuda reduzir o ISS de 5% para 2% nas atividades ligadas ao setor. Pelos cálculos dele, o novo pólo de construção naval vai gerar de 10 mil empregos diretos e indiretos, além de aquecer a economia de toda região.
Fonte: Portal Naval.

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA