quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Transporte público para locomoção de trabalhadores preocupa a Quip.

O gerente administrativo da Quip, Cléber Cabral, e o responsável pela área naval da empresa em Rio Grande, Alexandre Barreto de Miranda, participaram, na última terça-feira, da reunião do Grupo de Trabalho e Desenvolvimento (GTD) do Executivo Municipal. A Quip é a responsável pela construção do convés e de dois módulos da plataforma P-55, e também da integração dos módulos ao casco desta plataforma, serviços que serão realizados na área do dique seco, que está em construção no Superporto do Rio Grande. Os dois representantes da empresa falaram sobre o início das atividades de construção das estruturas para a P-55 e das preocupações com relação aos impactos da obra nos serviços públicos, como nas áreas de saúde, habitação e transporte. Uma das preocupações manifestadas refere-se ao transporte público para os trabalhadores que atuarão nas obras a serem executadas pela Quip.Segundo a assessoria da Prefeitura Municipal, Cabral e Miranda relataram que 50% dos 1.850 homens que atuarão na P-55 devem utilizar o transporte público como meio de locomoção, o que demandará maior oferta de veículos. O secretário municipal da Secretaria de Segurança, Transporte e Turismo (SMSTT), Enoc Guimarães, falou que já está em tratativas para reforçar o serviço de transporte no trecho. A questão dos resíduos sólidos também foi discutida, já que há previsão de o refeitório começar a funcionar ainda na primeira quinzena de outubro. A empresa prevê a produção de 10 toneladas/mês de resíduos alimentares e diz não ter espaço para o seu armazenamento. A procuradora do Município, Stella Simões, afirmou que a legislação prevê que o lixo produzido por empresas é de responsabilidade do empreendedor e não do Município.O problema da falta de espaço para o estacionamento de motos e carros na área externa do canteiro de obras, junto à BR-392, também foi manifestado. Conforme o secretário municipal de Assuntos Extraordinários, Gilberto Pinho, o assunto é delicado e necessita de solução junto à Secretaria Estadual de Desenvolvimento e Assuntos Internacionais (Sedai). Pinho já manteve contato com a Sedai para tratar do tema. A reunião foi coordenada pelo secretário Gilberto Pinho e contou com a participação do prefeito Fábio Branco e do vice, Adinelson Troca, além de vários secretários e representantes de outros setores da Prefeitura.

Fonte Jornal Agora - RS.

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA