segunda-feira, 19 de outubro de 2009

QUIP S/A. Assina protocolo de intenções com a Petrobras para construir P-63.



BW Nisa foi construído em 1983 e atualmente opera como FSO (unidade flutuante de armazenamento e transbordo) na Malásia
BW Nisa foi construído em 1983 e atualmente opera como FSO (unidade flutuante de armazenamento e transbordo) na Malásia

O Consórcio Quip (Queiroz Glavão, UTC Engenharia e Iesa) assinou protocolo de intenções com a Petrobras, nesta semana, visando à assinatura do contrato de construção da plataforma P-63. A informação foi obtida ontem pela reportagem do Agora que, após, procurou o diretor de suporte corporativo à gestão da Quip, Marcos Reis, confirmando a notícia. A assinatura do documento ocorreu na última quarta-feira. A Quip havia vencido a licitação, realizada em dezembro do ano passado, para construção desta plataforma. No entanto, o preço global apresentado para a construção ficou acima do esperado pela Petrobras que vinha negociando, a partir da simplificação do projeto, a redução dos custos.
A assinatura do protocolo de intenções significa que foi concluída a negociação. A redução obtida está em torno de US$ 350 milhões na construção da P-63. O valor apresentado na licitação para esta plataforma foi de US$ 1,65 bilhão de dólares e baixou para 1,29 bilhão. Conforme Marcos Reis, "isso só foi possível devido ao brilhante trabalho realizado pela equipe técnica da Petrobras na simplificação do projeto". O processo de simplificação do projeto objetivou viabilizar a construção da P-63. Concluída a negociação, agora será trabalhada a preparação dos contratos com vistas à assinatura. Para execução do projeto da P-63, como se trata da construção de uma plataforma completa, o Quip terá como parceiro o grupo BW Offshore, da Noruega.
Esse grupo será o responsável pela parte naval, que consiste na disponibilização e conversão do navio tanque ULCC BW Nisa (Berge Nisa) no casco da P-63. Ao Quip, caberá a construção dos módulos e a integração destes ao casco, trabalho que será realizado em sua unidade localizada em Rio Grande. O BW Nisa foi construído em 1985, tem capacidade de armazenamento total de 2,2 milhões de barris de óleo e atualmente opera como FSO (unidade flutuante de armazenamento e transbordo) na Malásia. Após a conversão, a embarcação passará também a ter capacidade de processar o óleo e o gás extraídos dos campos em que atuar. A P-63 é do tipo FPSO (Floating Production, Storage and Offloading) e será instalada no Campo de Papa Terra, na Bacia de Campos.
Essa unidade deverá contar com 65% de conteúdo nacional e terá capacidade para produção de até 150 mil barris de óleo por dia, para estocar 1,4 milhão de barris de óleo e comprimir 1 milhão de metros cúbicos/dia de gás.

Fonte: Carmem Ziebell - Jornal Agora - RS.

De olho nos acontecimentos...

De olho nos acontecimentos...

Galo Até Morrer!!!

Galo Até Morrer!!!
Super Galo

Minha Princesinha

Minha Princesinha

Galerinha do Barulho rsrsrs...

Galerinha do Barulho rsrsrs...
Filhotes, Filhos

Minha vida

Minha vida
Família

EU E MINHA TURMINHA LINDA

EU E MINHA TURMINHA LINDA
FAMÍLIA